Tecnologia do Blogger.
RSS

Entre as asas e o vento.

Sopra o vento.
Batem as asas.
Abre o sorriso.
Os olhos se fecham.
Dorme o presente.

O Sonho acorda,
O medo se vai,
O acaso aparece,
E o futuro transforma.

Os olhos acordam,
As asas se deitam,
o vento se torna o medo
e o acaso o sonho.

O presente é o futuro,
O medo é o acaso,
Os olhos são sonhos,
E as asas o vento.

O vento sou eu
O sonho as asas,
O futuro o medo,
O acaso o presente.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

vivaamusica disse...

Boquiaberto.

Lisieux disse...

Lindo :)

Postar um comentário